.

 

Cargill lança programa de reciclagem de óleo de cozinha

Pontos de coleta de óleo estarão em mais de 140 localidades no Estado de São Paulo

A Cargill apresenta o Programa “Ação Renove o Meio Ambiente”, uma iniciativa coordenada pela empresa para reciclagem de óleo de cozinha pós-consumo e posterior destino à reciclagem na produção de biodiesel. Liderada sob a marca Liza, serão distribuídos displays coletores de óleo usado, de forma a potencializar o envolvimento de empresas, setor público, terceiro setor e consumidores em um compromisso conjunto a favor da qualidade de vida e da preservação do meio ambiente. As primeiras parcerias estão sendo estabelecidas com a Sabesp, Carrefour e ONG Trevo, com a distribuição de pontos de coleta em mais de 140 localidades no Estado de São Paulo.
Atualmente, o Brasil produz 3 bilhões de litros de óleo vegetal comestível por ano, segundo levantamento feito pela Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove). Diante desse cenário, a marca Liza, alinhada com a estratégia de negócio da Cargill, iniciou um programa com o objetivo de dar o destino adequado ao óleo usado. “Nesse novo momento, a marca busca oportunidades de contribuir de forma efetiva com a preservação ambiental, com ações de sustentabilidade ligadas a sua cadeia produtiva que vão ao encontro da conscientização socioambiental do consumidor e da estratégia de atuação e inovação da companhia”, explica Marcelo Martins, presidente da Cargill no Brasil.
São Paulo foi o Estado escolhido para lançamento do programa por questões relacionadas ao volume de consumo de óleo e logística de coleta. Trata-se da região que mais consome óleo e azeite no Brasil, com um volume mensal de compra de aproximadamente 20,2 milhões de litros, segundo dados Nielsen referentes aos últimos 12 meses. Além desse motivo, foi considerada a presença mais representativa das empresas especializadas na coleta e processamento deste óleo, fator que auxiliará a concretização da fase inicial do programa.
De acordo com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), cada litro de óleo despejado em rios ou lagos polui mais de 25 mil litros de água. Além disso, o óleo pode causar entupimento da rede de esgoto ao agir como aglutinante de lixo indevidamente jogado no vaso sanitário, além de impermeabilizar o solo e gerar mau cheiro quando descartado de maneira inadequada.

Unindo forças por um mesmo objetivo
Seguindo o conceito do programa em fomentar iniciativas de coleta e reciclagem, a parceria com a Sabesp vai ampliar a atuação do Programa de Reciclagem do Óleo de Fritura (Prol) - ação realizada desde 2007 pela companhia de saneamento básico. Serão disponibilizados cerca de 60 displays nas agências de atendimento comercial da companhia no Estado de São Paulo, com entrega de informes impressos aos moradores no momento em que for realizada a leitura do consumo de água. Essa parceria possibilita ainda estender o programa, por meio da instalação de pontos de coleta em locais como escolas, condomínios, shoppings, entre outros.
Os primeiros coletores serão instalados na região metropolitana de São Paulo, no bairro da Liberdade. A região concentra muitos restaurantes e apresenta elevados índices de obstrução na rede de esgotos, devido ao descarte incorreto do óleo usado. A governança do programa contatará com participação ativa das comunidades, por meio do mapeamento de escolas, associações de moradores, pontos comerciais e outras possíveis entidades apoiadoras para ações de divulgação e conscientização ambiental. Nessa parceria, a ONG Trevo se responsabilizará pela logística reversa de recolhimento e destinação às usinas de biodiesel, além de ações de educação ambiental em conjunto com a Sabesp e Cargill.

“A Sabesp tem grande orgulho e satisfação de realizar parcerias como esta, que fortalecem e ampliam nossa iniciativa que é o Prol. Estamos juntos trabalhando por ações de cidadania, geração de renda e emprego, em linha com a sustentabilidade, que é o centro do programa de trabalho da empresa. O óleo na rede de esgoto gera entupimento, nos rios causa poluição e na reciclagem é combustível limpo, que mitiga o aquecimento global.”, diz Gesner Oliveira, presidente da Sabesp.
O primeiro parceiro a aderir o Programa foi o Carrefour, que também já destina corretamente o óleo de cozinha usado pelos restaurantes da rede de lojas. Atualmente, esse óleo é coletado pela USP e pela Bioauto, responsáveis pelo pré-tratamento e direcionamento às empresas produtoras de biodiesel. O combustível é posteriormente destinado aos geradores das lojas e aos maquinários agrícolas de fornecedores do Programa Garantia de Origem Carrefour, reduzindo os impactos ao meio ambiente. Com a parceria, o benefício ambiental será ampliado e passa a contar com a participação dos clientes da rede, que também poderão destinar adequadamente o óleo usado em um dos 86 pontos de coleta que serão distribuídos em todas as lojas no Estado de São Paulo.
A parceria com o Carrefour possibilita um “ciclo fechado”, pois o óleo é produzido pela Cargill, vendido pela rede supermercadista e utilizado pelos consumidores para posteriormente retornar ao Carrefour e ser transformado em biodiesel, um combustível limpo e renovável. Atualmente são coletados em torno de 15 mil litros de óleo por mês, volume que deve dobrar em três meses com a participação dos consumidores.
“Essa parceria com a Cargill é fundamental para re¬forçar a política de sustentabilidade do Grupo Carrefour e contribuir para a preservação do meio ambiente. Juntos – Carrefour, Sabesp, Cargill, consumidor e demais parceiros – conseguiremos destinar correta¬mente esse resíduo e ainda gerar be¬nefícios concre¬tos”, afirma Gerard Antonius Eysink, gerente nacional de Garantia de Origem do Carrefour.
A Cargill já está mapeando empresas especializadas na coleta e processamento de óleo para que possa expandir o projeto em outros Estados. “A intenção é ampliar cada vez mais o alcance e as parcerias do Programa, de forma a ter pontos de coleta onde o consumidor de Liza esteja presente”, explica Márcio Barela, analista de sustentabilidade para os produtos de consumo da Cargill.
Ao longo de 35 anos de existência, a marca Liza sempre se preocupou em inovar e atender às necessidades dos consumidores. Foi a primeira a lançar um óleo de cozinha sem cheiro e que não produz fumaça, além de inovar o mercado com a embalagem de óleo de cozinha em garrafa PET, possibilitando ao consumidor a visualização do produto que estava comprando. Também se reduz peso, diminuindo as emissões ligadas ao transporte. “É uma ação de sustentabilidade diretamente relacionada ao nosso negócio, pois o óleo é um dos nossos principais produtos e está presente em mais de 30 milhões de lares brasileiros”, afirma Barela.

Funcionamento do Programa “Ação Renove o Meio Ambiente
Os displays coletores são feitos de material reciclado e levam a marca Liza, líder na categoria de óleos de soja e especiais. Esses coletores foram desenvolvidos considerando a praticidade para o consumidor e otimização de espaço nos locais em que forem disponibilizados; por serem compactos e móveis, podem ser colocados desde uma pequena loja até em grandes hipermercados.
Com auxílio de um funil, o consumidor deve colocar o óleo usado, já resfriado, em uma embalagem PET que possa ser fechada com tampa. A garrafa deve ser deixada no coletor, sem a necessidade de despejo do óleo. Empresas especializadas farão a coleta desse óleo, que passará por um pré-processamento para posterior destino à produção de biodiesel. As garrafas PET coletadas também serão recicladas para serem transformadas em material reciclado como o usado nos displays coletores.
A ação será reforçada por meio de comunicação nos pontos de venda, de forma a obter um fluxo crescente e contínuo do volume de óleo coletado. A relação completa dos pontos de coleta está disponível no site www.liza.com.br/sustentabilidade.html e também será publicada nos sítios da Sabesp e ONG Trevo.

Sustentabilidade na cadeia produtiva
A Cargill entende que seu sucesso contínuo depende do crescimento e da integridade de suas comunidades e parceiros, bem como da vitalidade e da conservação dos recursos naturais. Nesse sentido, são assumidos compromissos socioambientais em toda a cadeia produtiva.
A empresa participa da Moratória da Soja, iniciativa em que é vetada a compra de soja produzida em áreas desmatadas do Bioma Amazônico após Julho de 2006. Em parceria com a ONG TNC - The Nature Conservancy, a empresa também apoia o Programa Soja Responsável, em que adquire desde maio de 2006 a soja proveniente de produtores que cumprem o Código Florestal e que participam da iniciativa. A cada safra, a TNC fornece à Cargill uma lista de produtores que participam e atendem aos critérios estabelecidos pelo Programa, de forma a assegurar a governança do processo de produção e comercialização de soja em Santarém (PA) e região.
A Cargill também é signatária do Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo e não realiza negócios com empresas contidas na lista suja do Mistério do Trabalho.
Adicionalmente, as embalagens, o processo produtivo e a logística de transporte da linha de óleos Liza foram aprimorados em 2009 e proporcionam ganhos ambientais: redução de 40% na emissão de CO2, consumo de água 26% menor e redução de 56% no uso de combustível fóssil, em função da substituição por fonte renovável de energia (biomassa).

 

Informações para a Imprensa
Cargill
Vinícius Oliveira
vinicius_oliveira@cargill.com
Tel: (11) 5099-3446

 

###


Sobre Liza

Liza é uma das marcas de produtos de consumo da Cargill. Presente na família brasileira há mais de 35 anos, Liza tem um portifólio completo de óleos, maioneses e molhos para salada. Mais informações estão disponíveis no site www.liza.com.br.

Sobre o Carrefour

Há 35 anos no Brasil, o Grupo Carrefour é reconhecido como empresa pioneira no mercado varejista. A rede está presente em 20 estados brasileiros e mais Distrito Federal, com os formatos Carrefour Hiper, Carrefour Bairro, Atacadão e Dia%, além de oferecer serviços diversos para a conveniência do consumidor, como postos de combustíveis, drogarias, serviços financeiros, turismo, entre outros. A rede também atua na Internet, com o novo canal de vendas www.carrefour.com.br. O Grupo conta com mais de 70 mil funcionários no Brasil, sendo um dos maiores empregadores do País. No mundo, o Grupo é o segundo maior varejista do mercado, presente em 33 países.

Sobre a Sabesp

A Sabesp é a 5ª empresa de saneamento do mundo e vem realizando investimentos de R$ 1,8 bilhão por ano, visando alcançar a universalização dos serviços de água e esgoto na base operada de 366 municípios. O tratamento de esgotos recupera os recursos hídricos, melhora a saúde pública, alavanca a economia pelos efeitos na cadeia de suprimentos e as construções são intensivas em mão-de-obra. A empresa tem tradição de participação em iniciativas ecosociais e engajamento dos sabespianos em ações de voluntariado. Há parcerias com mais de 200 ONGs. com apoio da sociedade e outras empresas. Para fomentar a coleta do óleo usado, foi lançado em 2007 o PROL – Programa de Reciclagem de Óleo de Fritura já implantado em mais de 30 municípios, com apoio de prefeituras e entidades locais. Para mais informações, visite: www.sabesp.com.br .

Sobre a ONG Trevo

A ONG TREVO é uma das pioneiras na coleta e reciclagem de resíduos de óleo e gordura de fritura, atuando a mais 30 anos em São Paulo. A preocupação precípua e continua é a preservação do meio ambiente. A ONG coleta cerca de 250 toneladas de resíduos por mês em mais de 4 mil estabelecimentos cadastrados, entre restaurantes, empresas, hospitais, clubes e condomínios. O trabalho de coleta é realizado por cerca de 35 colaboradores. Após a reciclagem, o óleo é destinado em geral à produção de biodiesel.

.