.

 

Cargill inicia atuação no mercado brasileiro de biodiesel

Qualidade do produto, tecnologia e localização estratégica são as apostas da Cargill para entrada no segmento no país

São Paulo, 21 de agosto de 2012 – A Cargill inicia neste mês a produção de biodiesel no Brasil e, com isso, garante sua presença em mais um segmento do mercado brasileiro de soja. A empresa já atua na comercialização do grão, além da produção de farelo, óleos, gorduras e óleos industriais e lubrificantes.
Com instalações modernas e localização estratégica em Três Lagoas (MS), a empresa investiu cerca de R$130 milhões em uma unidade com capacidade produtiva de 200 mil toneladas/ano, que contará com matéria-prima adquirida também pelo Programa Cargill de Agricultura Familiar.
Além de considerar a atuação da empresa na comercialização de grãos, o investimento foi viabilizado com a construção de uma nova fábrica localizada ao lado de uma processadora de soja da empresa em Três Lagoas (MS). “A atividade trará para a unidade uma importante opção para o escoamento do óleo ali produzido, permitindo à Cargill sua entrada no segmento de biodiesel”, afirma Paulo Sousa, diretor da Unidade de Negócio Grãos e Processamento de Soja.
O município de Três Lagoas está localizado próximo à região de maior consumo de biodiesel no país, o que é uma vantagem competitiva para comercialização do produto. A nova fábrica da Cargill tem potencial para operar em diferentes modais logísticos (rodoviário, ferroviário e fluvial) e conta ainda com o conhecimento e a experiência internacionais da Cargill em produção de biodiesel. Atualmente, a companhia atua neste segmento nos Estados Unidos, Bélgica, Alemanha e Argentina.
 

Agricultura Familiar
A atuação em biodiesel no país traz à Cargill oportunidades para aprimorar sua relação com os produtores, por meio da apresentação de preços diferenciados e assistência técnica dentro dos parâmetros determinados por Instrução Normativa do Ministério do Desenvolvimento Agrário, em que se enquadram a agricultura familiar.
Em 2012, a empresa iniciou o programa de compra de soja de cerca de 1100 pequenos produtores e oferece a eles toda a assistência técnica, compromisso, responsabilidade e padrão de qualidade de uma empresa presente no agronegócio há mais de 145 anos.
“Parte da compra de soja está sendo feita de pequenas propriedades agrícolas, baseadas na agricultura familiar, o que permitirá à Cargill a obtenção da concessão do Selo Combustível Social. Para isso, foi necessária a especialização de funcionários da área de originação (compra de grãos), tanto comercial quanto administrativa, para oferecer o suporte necessário com políticas específicas de fomento de produção e compra do fluxo da soja produzida por agricultura familiar”, explica Elcio de Angelis, gerente comercial para biodiesel da Cargill.
Atualmente a empresa adquire soja de Mato Grosso do Sul, São Paulo, Goiás, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. “Para o próximo ano, vemos oportunidades para iniciar a atuação em agricultura familiar em Mato Grosso e  também no Pará”, complementa Elcio.
 

Mercado
O mercado de biodiesel está em expansão no país. Em 2006, a produção em escala industrial era praticamente zero; em 2011, chegou a um total de mais de 2,5 milhões de metros cúbicos.
O aumento se deve à mistura obrigatória de 5% de biodiesel em todo óleo diesel distribuído no país, adição que origina um composto conhecido como B5, e já existem discussões para elevar esse percentual para B10 ou B20 em regiões metropolitanas. Mesmo que o nível de mistura obrigatória permaneça inalterado, o consumo de biodiesel cresce junto com o aumento do consumo do diesel, consumo este que está diretamente ligado ao crescimento da economia no país.
 

Selo Combustível Social
É uma identificação concedida pelo MDA - Ministério do Desenvolvimento Agrícola aos produtores de biodiesel que promovem a inclusão social e o desenvolvimento regional por meio de geração de emprego e renda para os agricultores familiares do Pronaf. Por meio deste selo, o produtor de biodiesel tem acesso a alíquotas de PIS/Pasep e Cofins com coeficientes de redução diferenciados e a melhores condições de financiamentos junto aos agentes financeiros. Também pode usar o selo para fins de promoção comercial de sua empresa.

Para mais informações, clique aqui.

.